sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009



REDES DE EMPRESAS e GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS
Existem duas abordagens para o estudo das redes na economia. A primeira - redes como forma de governança - é mais multidisciplinar e prescritiva e enxerga as redes como um tipo de lógica de organização ou uma forma de governar as relações entre os atores econômicos. A segunda - redes como forma analítica - é ancorada na sociologia e na teoria organizacional e utiliza as redes como base analítica para estudar as relações sociais seja dentro da firma, nas relações interorganizacionais ou no ambiente externo das organizações. Embora ambos sejam corpos teóricos diferentes, hoje é mais freqüente a combinação das abordagens em diversas análises. Já os estudos sobre cadeias de suprimentos são ainda mais prescritivos. Em termos gerais a Gestão da Cadeia de Suprimentos (GCS) envolve os processos envolvendo fornecedores-clientes ligando empresas desde a fonte inicial de matéria-prima até o ponto de consumo do produto acabado. Por esse fato a GCS tem grande interface com os processos logísticos das empresas. A GCS pode ser definida como um novo modelo gerencial que busca obter sinergias através da integração dos processos de negócios chaves ao longo dos elos da cadeia.Dessa forma esta linha de pesquisa busca maior integração entre as duas abordagens, explorando temas como: parcerias, governança, desenvolvimento de fornecedores, estrutura da cadeia, formas de relacionamento entre empresas, entre outros temas relevantes.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Possui doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Foi visiting scholar durante o doutorado na Universidade de Chicago/EUA. Possui graduação em Administração de Empresas pela Pontifícia Universidade Católica (PUC), mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade de São Paulo (USP), Possui pós-doutorado em Gestão da Cadeia de Suprimentos junto ao Instituto Fábrica do Milênio (IFM-MCT-CNPQ). Conduziu pesquisas juntos ao CNPQ, CAPES e FAPESP. Atualmente é professor Doutor-Titular do Programa de Mestrado em Administração de Empresas da Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP) e atua em grupos de pesquisa na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e da Universidade de São Paulo (EESC/USP). Os tema de pesquisa de interesse envolvem: análise das redes de empresas, formas de coordenação, cadeias de suprimentos e logística, estratégia, teoria das organizações e sociologia econômica. Também é autor de vários capítulos de livros, artigos nacionais e internacionais em periódicos e congressos na área de atuação. Publicou artigos nos seguintes periódicos: Supply Chain Management: an International Journal, International Journal of Management and Enterprise Development; Journal of Operations and Supply Chain Management; Revista de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas (RAE /FGV); Revistas de Administração da USP; Revista Gestão e Produção; Revista Produção, entre outras produções nacionais e internacionais. Atua como referee e membro do comitê científico de periódicos científicos e congressos nacionais e internacionais. É também Editor Científico da Revista de Administração de Empresas (RAE/FGV) e Editor da Revista de Administração da Unimep (RAU).